CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  

Conheça um pouco sobre o projeto e como adquirir seu implante dentário!

O sorriso é considerado o cartão postal de cada indivíduo, pois sempre que falamos com alguém, o sorriso é o que mais nos chama atenção, por esse motivo devemos cuidar para que sempre estejam da melhor maneira possível, além do mais quem gosta de de dentes feios não é? Criar hábitos de higiene é a melhor maneira de sempre se está com a saúde bucal em dia.

Apesar dos cuidados básicos como fio dental, escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia e enxaguante bocal, é necessário fazer consultas, no mínimo de 6 em 6 meses, com profissionais capacitados para cuidar da sua arcada dentária, pois se n for feito o risco de ocorrer problemas no graves no futuro é muito grande. Com tudo, algumas pessoas não possuem condições de arcar com as despesas de ir em um dentista, por isso muitos desses indivíduos escolhem a opção de extração de seus dentes, por muitas fezes estarem com dores e essa ser a opção mais barata do mercado.

A autoestima de um ser humano é essencial para sua felicidade, pois se ele não a possui, a pessoa acaba por se deprimir aos poucos e com isso a falta de dentes pode deixar o cidadão dessa forma, pois não sentira mais vontade de mostrar seus dentes por vergonha de ser julgado. Para solucionar esse problema no qual a sociedade está passando, o Governo Federal, juntamente com o programa Brasil Sorridente e o SUS, criaram um programa de auxílio bocal, onde as pessoas interessadas poderá consultar-se com dentistas e fazer seu tratamento de forma gratuita. Saiba mais como funciona!

Por que os implantes dentários estão em alta?

De acordo com pesquisas realizadas por universidades como a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), pessoas com a autoestima alterada, de forma negativa, visam o implante como uma forma de solucionar seus problemas como o sorriso, pois com a autoestima retomada, os indivíduos voltarão a se sentir confortáveis dentro da sociedade e no seu dia-a-dia. Embora o Brasil não possua os melhores resultados em questão de cuidado com a boca, somos um dos maiores países a possuir inúmeros profissionais especializados na área, ou seja, as contas não batem e não sabemos o por que disso.

A média, calculada, da população de pessoas que não possuem todos os dentes dos 18 anos para cima está em 11%, já os indivíduos na faixa etária de 60 anos de idade é de 41,5%, ou seja, 30,5% a mais do que a taxa dos mais novos. Outras pesquisas, também feitas, apontam que 55,6% da população não fazem consultas com dentistas, o que explica as porcentagens anteriores.

Como são feitos os implantes pelo SUS?

Os implantes são realizados após uma consulta, com o médico dentista, de maneira gratuita. Porém conseguir agendar uma consulta é o que mais demora no processo, pois a lista de profissionais que estão atuando no programa pelo SUS ainda é muito pequena comparado com a lista de pessoas que querem o benefício, o que se torna um desafio para ambos.

Quais os serviços oferecidos pelo programa?

  • Implantes Dentários;
  • Extrações;
  • Aplicação de flúor;
  • Tratamento e extração de cárie;
  • Cirurgias;
  • Extrações de sisos;
  • Aparelho dental;
  • Exames bucais para detecção de possíveis doenças;
  • Restaurações.

Como faço para por meu implante pelo SUS?

O Sistema Único de Saúde (SUS) foi criado com o intuito de auxiliar a população que precisa de assistência médica e não tem acesso à planos de saúde, dessa forma o governo criou essa instituição para poder solucionar o problema e com isso o implante fornecido por ele, pode ser adquirido por qualquer pessoa interessada. Porém a preferência está sendo de de cidadãos de baixa renda, como os usuários do Auxílio Brasil.

Fazer a inscrição pelo site do Brasil Sorridente está sendo a forma mais rápida de ingressão, pois pode ser feita de qualquer lugar com acesso a internet, mas também é possível fazer seu agendamento de maneira presencial em qualquer posto de saúde mais próximo de você, levando apenas seus documentos pessoais e o cartão do SUS.

Conheça um pouco mais sobre a criação do projeto!

Mais de 10 milhões de cidadãos ja foram atendidos desde sua criação. A ideia inicial desse projeto foi pensada no ano de 2003, pelo Ministério da Saúde, e apenas anos depois foi posta em prática pela Política Nacional de saúde Bucal. Em parceria com o serviços do SUS, o programa pode dar início e começar a mudar a vida de toda a população necessitada do país. Suas unidades de transmissão são: Unidades de Saúde Família, postos de saúde, unidades móveis, centros especializados e hospitais.

Por fim, não deixe escapar essa oportunidade que está sendo dada para mudar a vida e a saúde da sua boca da melhor forma. Corra para o posto de transmissão mais próximo de sua casa ou entre no site do Brasil Sorridente e agende agora sua consulta para começar seu tratamento. Seu sorriso nunca mais será o mesmo!