CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  

É onde se tem o controle e cadastro (base de dados) das famílias que estão em vulnerabilidade do país, e com isso proporcionar políticas públicas e programas sociais com ênfase nessa população mais carente, até o dado momento conta com 28 programas federais que utilizam o Cadastro Único para gerir tais ações. 

Após inscrito o solicitante está apto para participar dos programas sociais do governo federal, estadual e municipal, sendo gerido pelo ministério da cidadania e respectivos órgãos e direcionando quem se encontra em situação de vulnerabilidade. 

A revisão cadastral visa manter a atualização do Cadastro Único pelas famílias, que se encontram desatualizados por dois anos ou mais.

Já a averiguação cadastral, é feito o comparativo dos dados declarados, verificando se as informações são verificadas, se coincidem com os registros administrativo do governo federal, para evitar alguma inconsistência. 

Como funciona?

A família que se encaixa nos requisitos, deverá procurar um CRAS – Centro de Referência em Assistência Social, mas próximo de sua casa e solicitar o cadastramento.