CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  

O banco BMG está presente no mercado financeiro desde 1930, com o passar dos anos, foi adquirindo mais espaço, ate se tornar um dos principais nesse segmento, a sua popularidade se deu principalmente pelo seu formato em oferecer aos clientes seu crédito consignado, além de pessoas físicas, tem seu destaque em pessoas jurídicas, sendo as empresas de médio e grande porte.

Com um formato de apresentar soluções que surtam efeito imediato, que sejam assertivas onde o consumidor saia satisfeito e sem dúvidas quanto ao serviço proposto.

Como funciona o empréstimo consignado do banco BMG?

Um dos bancos pioneiros ao trabalharem dessa maneira, apresentaram o crédito consignado, tempos depois se tornaram referência nessa modalidade de serviço, sendo o carro chefe da instituição, além de claro outros vários serviços ofertado ao cliente.

Mas como essa é uma das opções mais atrativas que o banco BMG oferece, vamos lá, essa modalidade de crédito consignado tem seu enfoque maior paras os aposentados ou pensionistas do INSS, e também os funcionários da iniciativa pública, pelo fato do valor mensal da parcela ser descontado de forma automática, na folha de pagamento do trabalhador ou solicitante no caso, o que acaba por diminuir as chances de descumprimento de suas obrigações o que poderia gerar inadimplência, e por consequência de saber que o valor da parcela, será pago com certeza, o banco consegue oferecer as taxas de juros baixo.

Quem pode solicitar o empréstimo consignado BMG?

Aposentados, os pensionistas do INSS e servidores públicos. Inclusive aposentados e pensionistas não tem a exigência de terem conta corrente no banco para fazerem a solicitação do empréstimo, sendo assim, mesmo sem conta corrente ativa o cliente consegue solicitar seu empréstimo sem maiores exigências. 

E as outras opções de empréstimo pessoal do banco BMG?

Também é disponibilizado sem maiores burocracias ou exigência, é para aquela pessoa que esta precisando de uma grana extra, mas que seja de forma rápida, mesmo não sendo na modalidade de crédito consignado, o empréstimo pessoal também se restringe aos aposentados e pensionistas, por isso que a burocracia é menor pelo fato do pagamento ser direto em folha de pagamento, conseguindo assim o banco manter as taxas abaixo. 

Ao solicitar o empréstimo o cliente não precisa comprovar sua finalidade, podendo usar como bem queira, para fins diversos, e conta com outra vantagem, podendo o pensionista solicitar qualquer valor, não há uma média que deve ser seguida a risca, o que diríamos margem consignável, e tudo isso sem que seja consultado o SPC, restrição do CPF, ou algum órgão de proteção de crédito ao cliente.

Essa opção de empréstimo é disponibilizado de forma rápida e célere, até por conta de que se o solicitante já recorre ao empréstimo é que precisa do dinheiro com uma certa urgência, o banco então oferece de forma rápida a solução ao cliente, ficando disponível em até 24 horas em conta corrente. 

Sempre é importante lembrar que por mais vantajoso que possa ser um empréstimo, mesmo com os juros e taxas baixo, ainda assim fica sujeito a encargos que podem varias conforme a solicitação do cliente e impostos, que é o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), que sempre será calculado conforme se deu a operação financeira realizada.

A tarifa de serviço que é de responsabilidade do banco e cobrada pela realização de todos os trâmites, e ao final da solicitação fica disponível para que o cliente tenha ciência do custo total do empréstimo, a esse custo o nome dado é de Custo Efetivo Total (CET), que seria o custo total,  já devidamente tributado, ficando então a critério assinar ou não para finalizar a transação.